Seu site de notícias do Internacional

Uendel diz que processo político do clube não interfere no grupo de jogadores

0 160

De volta ao time titular do Internacional, o lateral-esquerdo Uendel comentou sobre a possibilidade de ter uma sequência de partidas e a importância de voltar a vencer no Campeonato Brasileiro.

“Tive muita dor muscular e dor de cabeça. Fiquei de cama o dia inteiro. Fiquei sem paladar e olfato. Foram dias difíceis com a Covid-19”, disse em entrevista coletiva nesta terça-feira. “Brasileirão vem mostrando que as equipes têm qualidade. Os jogos são equilibrados, o Bragantino tem potencial, jogadores de velocidade, mas vamos preparador para um jogo de muita atenção”, projetou.

O jogador ainda enalteceu o trabalho do técnico Eduardo Coudet. “Chacho não gosta muito que a gente fale de questões táticas, mas a função do lateral com ele é muito diferente do que com outros técnicos, não vamos abandonar nosso estilo de jogo. Chegamos até aqui com ele”, explicou.

Com o processo eleitoral do Inter se aproximando, Uendel afirmou que isso não interfere no desempenho dentro de campo. “Não vivemos em uma bolha. Nós sabemos o que está acontecendo na política do clube, alguns jogadores conversam mais sobre a política do clube. Outros menos. Não acho que esteja interferindo dentro do campo. Só interfere se acontecer alguma polêmica muito grande. Isso fica na conversa informal”, afirmou.



Postagens recentes

1 De 3.370
Comentários
Loading...