Simbolos do Inter (left)
Troféus (right)

Rodrigo Caetano quer o retorno do Gauchão, mesmo com 4 casos de Covid-19 no colorado

Na tarde desta terça-feira (30), o Internacional informou à imprensa, que 4 de seus jogadores estão contaminados com o vírus da Covid-19. Sabemos que são dois laterais, um meio-campista e um zagueiro. Os nomes, no entanto, são preservados e mantidos em sigilo.

Mesmo assim, Rodrigo Caetano, diretor executivo do Internacional, ressaltou o seu desejo para que o Gauchão retorne. Porém, mesmo com essa vontade, o Gauchão não deverá retornar no dia 19 de julho, como projetado pela FGF.

“Lamentamos o fato por conta do diagnóstico, mas, para nós, só comprova que o que fazemos é correto. Esses protocolos são justamente para isso. Hoje é uma nova etapa das medidas sanitárias, inclusive, era previsto que em algum momento, algum atleta testaria positivo.

Num universo de 80 pessoas, que transitam no CT no dia a dia, quatro delas positivas, na quarta bateria de exames, isto comprova que aqui dentro, temos a segurança sanitária necessária.

Pela justificativa do governador, acho que é bastante falha, não é uma justificativa técnica. Não penso que as pessoas vão se aglomerar em suas casas. Protocolo da federação é seguro. A gente observa clubes, inclusive do RJ, que retomaram o futebol, que tiveram atletas positivos em algum momento e já estão atuando.

Particularmente, tenho esperança que retomemos o futebol para tudo aquilo que representa. Futebol não é só entretenimento, é uma atividade econômica relevante. Nossa atividade fim é o jogo, e vai fazer quatro meses que não jogamos”, comentou o dirigente colorado em entrevista à Rádio Guaíba.



Veja também:

1 De 878