Jogadores do Inter comemoram vitória contra o Alianza Lima

0 732

Depois de vencer a equipe do Alianza Lima no estádio Beira-Rio na quarta-feira (13), em jogo válido pela 2 º rodada da fase de grupos da Libertadores, os jogadores do Internacional comentaram a vitória colorada.

Rafael Sobis: “(A atmosfera) Foi essencial. O Inter foi assim em todos os jogos aqui no ano passado. Foi uma grande partida, controlamos, não tivemos sustos. O torcedor lotou o estádio. Foi uma cena maravilhosa. Apenas desfrutei o momento. Queria pegar esse Beira-Rio novo. Ele é lindo. Eu estou muito feliz de jogar a Libertadores, jogar bem e vencer, que é o que vale”.

“Intenso do começo ao fim. O nossos gols saíram dessa intensidade que tivemos, é um resultado muito justo. Sempre pode (fazer mais gols), mas a partir do momento que se faz 2 a 0 o rival começa a jogar, e é normal. Não corremos risco, acho que isso é o mais importante e coroa uma partida brilhante que a gente fez. Fico feliz de voltar para casa, lugar que talvez eu nunca devia ter saído, mas são as coisas da vida, o futebol é assim”.

Zeca: “O Palestino toca bem a bola e infiltra pelo meio, isso nos causou dificuldades. Hoje, o Alianza Lima segurou o time mais atrás, e o Nico foi muito feliz”.

“A gente está focado, treina bastante e não procura perder o foco. Primeiro vamos pensar no Grêmio e, depois, no RiverPlate. É um grande time, não é a toa que chegou à final da Libertadores e foi campeão”.

“Eu sou muito ofensivo, desde a época do Santos. Aqui, tem o Nico e o Pottker que são bem ofensivos também, então temos que dar esse espaço para eles”.

Iago: “Procuramos pressioná-los e fazer sentir a pressão que é jogar a Libertadores no Beira-Rio, GreNal é um jogo a parte, não tem favorito”.

Pedro Lucas: “Centroavante vai ser sempre cobrado por não fazer gols, mas estou tranquilo. Fizemos um papel importante dentro de campo”.

“Eu joguei muitos Grenais pela base, mas, com certeza, é diferente no profissional”.

Nico Lopez: “O time todo fez um grande jogo. Temos um time maduro, que sabe jogar para ganhar, e conquistamos os três pontos”.

“É o sonho de todo jogador. Com o Nacional fizemos uma boa Libertadores e tomara que com o Inter a gente vá mais longe”.

“O Rafa (Sobis) ajuda muito lá na frente. É um jogador que colabora muito”.

“Senti um pouco o posterior, mas nada de mais. O time todo fez um grande jogo e trabalhou muito para conseguir esta vitória”.

Nonato: “As coisas estão acontecendo bem rápido e estou me preparando”. sobre as oportunidades na equipe principal.

“Torcedor é torcedor. Fico feliz que eles estão pedindo o meu nome, mas não posso me iludir”.

Marcelo Lomba: “Foi uma bola que acabou passando, ficou um bate e rebate, foi um chute de perto, esperei para não definir antes e reagir, que bom que não entrou”.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More