Simbolos do Inter (left)
Troféus (right)

Inter e Grêmio conversam para propor “flexibilização” do Governo para o não cancelamento dos treinos

Porto Alegre foi decretada com a bandeira vermelha, de acordo com o aumento de casos com COVID-19. A tendência era de que os treinamentos da dupla grenal fossem suspensos por tempo indeterminado.

No entanto, as direções de Inter e Grêmio estão conversando, para propor uma “flexibilização” do Governo do Estado, para o não cancelamento das atividades físicas de ambos os clubes. A informação foi revelada pelo próprio  vice-presidente de futebol do Grêmio, Paulo Luz, em entrevista à Rádio Bandeirantes RS.

“Será um retrocesso grande aos clubes. Você imagina: estamos há sete semanas só com atividades físicas. A parada terá prejuízos e nem sabemos se haverá condições físicas para recuperá-la.

Vamos aguardar a manifestação do prefeito, mas tenho o sentimento de que os presidentes da Dupla Gre-Nal estão tentando sensibilizar (as autoridades), respeitando as vidas que já perdemos. Grêmio e Inter se falaram ontem à noite para que se crie um novo ambiente de diálogo com o governo. Há o entendimento da secretaria de esporte sobre os protocolos adotados nos clubes”,  comentou o dirigente gremista.

Alessandro Barcellos, vice de futebol do colorado, também afirmou que se por acaso os treinamentos realmente forem suspensos, será um retrocesso.

“Essa mudança da bandeira (de Porto Alegre) traz um retrocesso no sentido dos treinos. Há uma expectativa que o prefeito possa flexibilizar os treinos. Vamos aguardar este pronunciamento”, disse Barcellos à Rádio Gre-Nal.



Veja também:

1 De 878