Simbolos do Inter (left)
Troféus (right)

Fernando Carvalho fala sobre MP concedida por Bolsonaro

Jair Messias Bolsonaro, Presidente da República, concedeu aos clubes brasileiros na última quarta-feira, uma medida provisória que dá permissão para quem os clubes negociem os seus direitos de transmissão na retomada do futebol.

Em entrevista à Revista Colorada, Fernando Carvalho, ex-presidente do clube do povo deu sua opinião sobre essa medida provisória, concedida pelo Presidente brasileiro.

“Por não ser urgente, não poderia ser sido tratada como Medida Provisória e sim com tramitação legislativa. Acho que dificilmente será aprovada no prazo de 120 dias.

No período de vigência da MP (120 dias) só clubes que não tenham contrato em vigor poderão vender seus direitos. Ou seja, pouquíssimos no Brasil (Flamengo seria 1 no Carioca apenas).

 Temos que ver como o mercado vai absorver a ideia, se haverá concorrentes à altura da Globo em valores, qualidade de produção, certeza na entrega de valores e produto.

Comercialização e transmissão direta pelos clubes é arriscada por falta de pessoas capacitadas, para vender o produto e efetuar uma boa transmissão. Mas acho que clubes como Flamengo, Corinthians e São Paulo, que tem mais torcida, serão beneficiados.

Clubes menores também serão pois ao venderem seus jogos em casa poderão auferir mais recursos do que hoje. Já clubes na faixa de 5 a 10 milhões de torcedores serão prejudicados, pois a tendência é a redução de suas cotas. Eu, sendo desses clubes, lideraria um grupo para negociar em conjunto e fortalecer posição. Nesse momento é necessário uma reflexão maior sobre o tema”, disse o ex-mandatário do colorado.



Veja também:

1 De 878