Emocionante: Sobis queria voltar ao Inter em 2015, mas foi barrado pela direção: “O Inter não é spa”

0 6.140

O Internacional venceu o Alianza Lima por 2×0 na noite desta quarta-feira pelo Grupo A da Taça Libertadores. Após a partida, o atacante Rafael Sobis, que voltou a atuar no Beira Rio pela Libertadores, após 8 anos, comentou um pouco sobre tudo que sentiu neste dia.

Sobre a torcida colorada: “(A atmosfera) Foi essencial. O Inter foi assim em todos os jogos aqui no ano passado. Foi uma grande partida, controlamos, não tivemos sustos. O torcedor lotou o estádio. Foi uma cena maravilhosa. Apenas desfrutei o momento. Queria pegar esse Beira-Rio novo. Ele é lindo. Eu estou muito feliz de jogar a Libertadores, jogar bem e vencer, que é o que vale”.

Sobre a partida: “Intenso do começo ao fim. O nossos gols saíram dessa intensidade que tivemos, é um resultado muito justo. Sempre pode (fazer mais gols), mas a partir do momento que se faz 2 a 0 o rival começa a jogar, e é normal. Não corremos risco, acho que isso é o mais importante e coroa uma partida brilhante que a gente fez”.

Sobre a sensação de voltar a jogar no Beira-Rio: “Fico feliz de voltar para casa, lugar que talvez eu nunca devia ter saído, mas são as coisas da vida, o futebol é assim”.

O colega Alexandre Ernst, que trabalhou no Inter até 2015, informou que o atleta desejava retornar ao Beira Rio naquela temporada, pois vivia uma série de problemas pessoais, mas ouviu da então gestão de Vitório Piffero a seguinte resposta: “O Inter não é Spa”.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More