Eduardo Coudet fala sobre a parceria com Rodrigo Caetano

0 681

Nesta quarta-feira (20), o atual técnico do Inter, Eduardo Coudet, concedeu entrevista para TV Inter. O treinador comentou sobre a evolução do trabalho do clube.

“É algo que eu falei desde o começo. É um processo de crescimento individual, do grupo e que se vê na equipe quando se inicia um jogo. Tem sido muito bom, mas é isso, o começo de um processo. Lamentavelmente a parada veio quando estávamos nos sentindo em boa forma”, disse.

“Mas acredito que podemos retornar e a gente sempre pode melhorar. Queremos estar ainda melhores quando a gente voltar a jogar. Vai ter um processo similar, já que a falta de jogos não foi só para a gente, mas para todas as equipes. Todos sentiremos a falta dos jogos, mas vamos nos preparar para tentar encontrar a nossa melhor forma o quanto antes”, completou.

“Sempre precisamos melhorar, não existe um limite. A melhor forma não se encontra nunca. Sempre se trata de seguir melhorando”, finalizou o treinador argentino.

Ligação Inter e Argentina

“A ligação do Inter com os argentinos. Com o tempo tem passado muitos jogadores argentinos por aqui. No meu caso, ou no da comissão, nos sentimos muito confortáveis desde o início. Nos sentimos muito confortáveis hoje. No meu lado pessoal estou feliz de estar aqui e de poder estar neste clube. Nos tratam da melhor maneira, temos tudo que necessitamos. Uma direção que está preocupada que o clube funcione da melhor maneira. Um diretor esportivo que tenho uma grande relação. A secretária técnica, a imprensa, os dos recursos. A verdade é que é uma família muito grande e eu gosto destas coisas, porque o tempo faz com que não só o grupo de jogadores seja cada vez mais forte, mas sim o lado institucional”.

“Sempre repito que gosto dos clubes passionais e essa paixão é demonstrada pelas pessoas que trabalham no clube. Muito feliz e tomaram que o trabalho e os resultados me permitam ficar muito tempo aqui. Às experiências que tive no Rosário Central e no Racing foram de no mínimo dois anos na instituição e tomara que aqui se repita. Ou por que não mais tempo? Eu realmente me sinto muito bem, mas sei como é o futebol e que os resultados mandam. Mas o trabalho, às convicções e sustentar um processo e um projeto certamente vão te deixar muito mais perto de conquistar o objetivo. O objetivo ideal são os títulos, mas acho que ninguém pode prometer títulos. O que se pode prometer é trabalho e tentar fazer da melhor maneira”.

Clássico Gre-Nal

“É um clássico diferenciado. Eu tive a oportunidade de vivenciar no Rosário Central e no Newell’s. É parecido, já que tudo fica centralizado em uma cidade. É vivenciado com muita paixão. Tenho alegria de ter participado dos clássicos, de toda paixão, de como as pessoas se envolvem. E os dias dos jogos são especiais porque se tem muita tensão, a ansiedade para que comece o jogo. Vamos ter vários clássicos pela frente. Tomara que a gente consiga dar muitas alegrias aos torcedores”.

Trabalho de Eduardo Coudet no Inter

“Eu fico muito feliz por tu porque a gente quer dar uma identidade para equipe e que as pessoas se sintam identificadas. Cada jogador vai tentar dar o máximo e vai junto disso a paixão que falamos antes do torcedor do Inter e do que é a história do clube. Então disso não tenho dúvidas. Espero que os resultados acompanhem. E como disse antes, poder dar muitas alegrias para os torcedores do Inter e vamos trabalhar para isso”.



Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Comentários
Loading...