Simbolos do Inter (left)
Troféus (right)

Corinthians se irrita com a direção do Inter e negócio por Gustavo pode ter outro rumo

O atacante Gustavo tem tudo acertado para defender o Jeonbuk Motors, da Coréia do Sul, dependendo apenas da liberação do Inter. Em contrato, é estipulado que o Inter seja obrigado a liberar o jogador, em caso de propostas acima dos 3 milhões de euros. A proposta dos chineses foi de 2,5 milhões de euros.

Por esse valor, o Inter não tem interesse em liberar o jogador, a menos que os demais clubes (Corinthians, Criciúma e Taboão da Serra), cedam pequenos percentuais ao Inter. Estes clubes não tem interesse em ceder os direitos e o Jeonbuk não pretende aumentar a proposta.

Neste final de semana, o presidente do Corinthians, Andrés Sánchez deu declarações que a negociação pode melar. A direção corintiana se mostra irritada com a atitude do colorado, que pretende aproveitar o jogador no retorno do futebol.

.