Conselho do Inter resolve por unanimidade expulsar ex-dirigentes do quadro social

0 861

O Conselho de ética do Inter, resolveu por unanimidade, expulsar o ex-presidente Vitório Piffero e seu vice, Pedro Affatato, do quadro social do clube. A gestão 2015/2016 foi apontada como temerária e ferindo a Lei do Profut. Outros vices, como: Alexandre Limeira e Emídio Marques, já haviam deixado o clube espontaneamente e não passaram pelo julgamento e votação.

A explanação pelo relator, Constantino Lisbôa Azevedo, no Conselho de ética, levou aproximadamente 2h40min. O ex-presidente não compareceu, porém dois advogados defenderam Vitório Píffero. Já, Pedro Affatato não compareceu e nem exerceu o direito de defesa.

Veja também:

A decisão ainda é passível de recurso. Os advogados de Píffero têm 15 dias para apresentação. E após cumprir todas as etapas, um novo julgamento será marcado com a escolha também de um novo relator. O estatuto do clube não prevê o tempo que os ex-dirigentes ficarão afastados e deve seguir a Lei do Profut. O afastamento determinado é pelo período de 10 anos.

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Ler: Política de privacidade e cookies