Seu site de notícias do Internacional

Comentarista afirma que gol do Juventude foi bem anulado

0 759

O Inter venceu o Juventude por 1 a 0, com gol de Thiago Galhardo aos 5 minutos da etapa complementar. Mas como não poderia deixar de ser, houve polêmica em gol marcado por Rafael Forster em cobrança de escanteio pelo jogador Wescley. O goleiro Daniel estava um pouco adiantado e Forster entrou com bola e tudo dentro do gol. Porém após revisão do VAR, foi constatado que ele empurrou a bola com o braço.

O comentarista Diori Vasconcelos da GZH, especializado em arbitragem comentou que o gol do Juventude foi bem anulado.

“É aí que entra a tecnologia como uma realidade afirmada do futebol brasileiro. Graças ao VAR, o Inter escapou de tomar um gol irregular que poderia mudar a história do jogo. O lance de Forster é praticamente igual ao de Jô lá de 2017. O jogador do Juventude empurrou a bola para dentro com o braço, explicou.

“Esse não foi o único lance de interferência do VAR na vitória por 1 a 0 do Inter contra o Juventude. Houve ainda a expulsão correta de Guilherme Castilho por conta de uma cotovelada em Palacios. Uma agressão fora da disputa de bola que não foi percebida no campo e acabou notada pelo árbitro dos monitores”, finalizou.

Últimas notícias

1 De 4.709
Comentários
Loading...