Seu site de notícias do Internacional

Carlos De Pena avalia adaptação no Colorado e estreia de Estevão

0

Em entrevista concedida à Rádio Grenal, o atacante Carlos De Pena avaliou sua adaptação no Internacional e as vaias para os jogadores mais jovens.

“A adaptação está sendo fácil. Já estou aqui faz quase um mês e joguei 7 partidas. Acho o futebol brasileiro muito competitivo, todos os jogos são difíceis e ontem foi um jogo muito complicado para nós. Dominamos mas o gol não saiu. O Inter é conhecido mundialmente. Conhecia o clube porque sou um apaixonado pelo futebol. Conhecia D’Alessandro, Taison e o Bruno Méndez. É um clube gigante, o que torna um sonho jogar aqui”, disse.

“Cheguei a pedido dele e 3 jogos depois ele saiu. O Mano Menezes é um treinador muito respeitado aqui no Brasil, e penso que no futebol como as trocas acontecem rápido, se eu jogar bem vou jogar sempre. Minha posição natural é a que estou jogando agora. Como volante pela esquerda. O Mano entendeu onde eu poderia render mais, e é ali que eu me sinto melhor. Creio que é a posição ideal para mim”, acrescentou.

“Todos os jogos são diferentes. O Mano quer uma equipe bem organizada, e ele sabe como enfrentar cada adversário. Na partida de ontem nós dominamos e criamos, mas não conseguimos converter em gols. Não subestimamos o Avaí. Hoje o nosso foco está 100% no Guaireña. Essa partida é decisiva para nós, porque eles tem o mesmo número de pontos que nós e quem ganhar fica em primeiro do grupo. Temos que pensar jogo a jogo”, completou o jogador.

“Minha opinião sobre o Bruno Méndez é suspeita porque é uruguaio como eu. Conheço ele faz tempo e é um zagueiro que eu gosto muito. Tem muita experiência apesar da idade. É um jogador que trabalha muito e ajuda muito a equipe. Estevão é um jogador que tem muita humildade para escutar e aprender, e todos sabemos o que ele pode render. Com a confiança do treinador, ele pode crescer muito. O Inter tem muitos jovens que podem nos ajudar muito”, finalizou Carlos de Pena.

Últimas notícias

1 De 5.936