Cacalo responde a Fabrício Carpinejar e ameaça processá-lo após acusações nas redes sociais

3 16.895

Após afirmar que o Athletico seria roubado pela arbitragem na final da Copa do Brasil, ex-dirigente do Grêmio Cacalo recebeu um resposta de Fabrício Carpinejar, assumidamente colorado.

Em um texto publicado no site GauchaZH, Carpinejar afirmou que a declaração de Cacalo era paranoia e choro de perdedor. Agora, Cacalo respodeu novamente e o ameaçou de processo.

Confira a declaração de Cacalo :

“Nunca imaginei que uma modesta manifestação feita pela internet, em uma live no canal do Bairrista, acerca de prejuízos e benefícios de arbitragem em jogos de futebol, tivesse tanta importância. Não imaginei tanto alcance e tanta repercussão. Parabéns ao Bairrista. 

Mas a repercussão existiu. Fui surpreendido com um triste texto, de autoria de Fabrício Carpinejar, em local nobre de GaúchaZH. Essa figura que muitos dizem ser um homem extremamente educado e sensível, que jamais imaginei que se envolvesse com futebol – e ainda se dizendo torcedor colorado – se mostrou também extremamente agressivo e ofensivo, ao dizer que “perdi as estribeiras” e que “deveria ser processado”.

Diria eu que, ao agredir-me forte e injustamente, teve um verdadeiro chilique inexplicável. Eu já tinha dúvidas: ele se autoproclama escritor, mas alguns dizem que não passa de um humorista barato. Mas, ao me ofender, graciosamente, comete sérios equívocos. Jamais, em momento algum, fiz qualquer crítica ao Sport Club Internacional. Apenas digo e mantenho que, na minha opinião, o Inter é historicamente beneficiado por erros de arbitragem. 

Mas, ao clube, jamais acusei de promover algo que o pudesse beneficiar. No entanto, humildemente, procuro entender a necessidade de quem depende da mídia para voltar às manchetes. E quando lá esteve, jamais foi por sua eventual capacidade intelectual. Sempre de forma extravagante, ou por pintar as unhas de vermelho ou colorir a careca. Ou ainda qualquer outra forma de chamar a atenção, por motivo alheio à sua pretensa formação. 

E que fique claro: nada disso me importa ou sou contrário, pois cada um faz o que bem entender de sua figura pessoal. Jamais fiz qualquer referência a esses fatos, pois não me dizem respeito, assim como eu imaginava que um colunista da famosa Revista Donna e de GaúchaZH não estivesse patrulhando matérias de futebol. E, se alguém tivesse que recorrer ao Judiciário, seria eu, diante de tanta ofensa. 

Por fim, dando o assunto por encerrado de minha parte, vou tentar esquecer as acusações maldosas de “paranoia”, de “estar acabado”, de “perder as estribeiras”, de que “deveria ser processado”, entre outras, e desejar que os chiliques de Carpinejar sejam mais raros.”

 

 

 

 

3 Comments
  1. iracema SAMPAIO DE CASTRO says

    TÁ ERRADO ESCREVER – fulano responde fulano – O CERTO É fulano responde A fulano, tem um “A” nesa frase que vocês sempre omitem A PREPOSIÇÃO “a”.Resultado, vocês escrevem para um público que cai ser induzido a cometer o mesmo erro.Não esqueça,. FULANO RESPONDEU “a” FULANO e NÃO FULANO RESPONDEU FULANO>

    1. Armando says

      Iracema você tem toda a razão. Corrigiremos o erro. Abraços

    2. Mauricio Martins says

      Velho safado , conseguiu acabar com o programa sala de redação , insita o ódio entre as torcidas , ninguém monitora este velhaco frustrado ?? Onde estão as autoridades q permitem um velho irresponsável instigar ódio e violência ??

Leave A Reply

Your email address will not be published.